Josh Trank, produtor de “Quarteto Fantástico” veio a público acusar a 20th Century Fox de ter destruído o filme. Em um tweet que apagou pouco tempo depois, Trank afirmou: “Um ano atrás, tinha uma versão fantástica deste filme que teria recebido ótimas críticas. Provavelmente nunca vai ser revelado. Essa é a realidade.”

Além de produtor, Trank foi também um dos roterista, com Simon Kinberg (também produtor) e Jeremy Slater.

Antes, o jovem produtor de “Chronicle” foi vítima de rumores que o denunciaram como não estando  preparado para dirigir uma produção de grandes dimensões como “Quarteto Fantástico”. Acusado por fontes anónimas do estúdio de “indecisão”, falta de comunicação e comportamentos “errados”,  Trank acabaria sendo afastado do segundo spin-off de “Star Wars” – com a tradicional justificação de “divergências criativas”.

Entretanto, as péssimas críticas ao filme e a constante afirmação pela imprensa norte-americana de que “Quarteto Fantástico” será um desastre na bilheteira levaram Kinberg a tentar reduzir danos defendendo o trabalho efetuado em uma entrevista à Entertainment Weekly. “Estou orgulhoso do filme. Não será um desastre” lê-se no título do artigo. “Estou muito feliz com o resultado final. Adoro este elenco e quero continuar a fazer filmes com eles“, acrescentou Kinberg sobre a produção que terá custado 122 milhões de dólares.

Quarteto Fantástico” estreia sexta-feira na América do Norte e conta com Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan, Jamie Bell, e Toby Kebbell nos principais papéis da história que conta a origem dos super-heróis Mr. Fantastic, The Invisible Woman, The Human Torch, e The Thing.

Fique ligado no Pipoca Nerd, porque vamos fazer review desse filme.