0

Ah, vamos falar de coisa boa. Ou melhor, livro bom.

Pequenas grandes mentiras é um livro de 2015, publicado pela Editora Intrínseca, mas que foi relançado pela mesma editora por motivos de: nova capa em alusão à série. De fato, se você olhar apenas a capa (de ambos os livros), pode imaginar que se trata de uma trama bem simples, com vários clichês, bem juvenil e feminino. Aí é o primeiro engano. A começar pela sinopse, dá para se ter ideia do que há de vir.

Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando também sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de quanto isso afetará a vida de todos.

Para começar, temos um homicídio (se é que foi) sem causas aparentes, e a curiosidade só aumenta à medida que você vai passando as páginas e percebendo que a história é bem mais complexa – e intensa. Enquanto se passam as páginas, o leitor vai descobrindo mentiras e acusações que se amontoam ao redor de Madeleine, Celeste e Jane, protagonistas. O mais incrível é ver a realidade das personagens, que não são perfeitas, mas invejosas, ciumentas, amorosas e generosas, tudo num pacote só.

O melhor do livro reside justamente na forma como lidamos (e contamos) meias verdades e como isso é perigoso. O próprio nome do livro demonstra isso.

Como novidade, a HBO lançou a série com mesmo título, Big Little Lies, com participação do super elenco Shailene Woodley, Reese Witherspoon e Nicole Kidman. Em entrevista ao site DN, Shailene, que interpreta Jane, falou que “a série passa-se em Monterey, que é uma área predominantemente branca, privilegiada e financeiramente estável. Uma coisa que eu adorei na Jane é o facto de ela não ser essas coisas. Acho que isso mostra que temos muitos preconceitos, baseados em fachadas que têm a ver com o que se está a passar no nosso sistema político. Somos muito rápidos a julgar o outro lado, sem realmente o compreendermos. Só porque a vida é mais confortável para algumas pessoas, não quer dizer que elas não estejam a sofrer tanto quanto as outras”. Veja a matéria completa aqui.

Por fim, Pequenas grandes mentiras é uma boa pedida para as horas vagas – e para as noites em claro, também.


Like it? Share with your friends!

0
Pedro Lucas Porto
Pseudopublicitário, sonha em conhecer Orlando e tirar uma selfie marota em frente ao Wizarding World of Harry Potter
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format