O chefe da divisão Xbox da Microsoft, Phil Spencer, não descarta a entrada da marca no mundo da realidade virtual.

Em conversa com o Eurogamer, Spencer garantiu que a hipótese não está fora, dizendo que apesar da companhia estar focada na tecnologia Hololens, isso não os impede de fazer algo relacionado com a RV, na perspectiva first-party ou em parceria com terceiros”.

“As discussões são ótimas para percebermos para onde se move estes espaço. Embora a tecnologia seja animadora, não acredito que tenha já a maturidade suficiente para o mercado.”

Spencer garantiu no entanto, estar confiante na presença inovadora da tecnologia, trazida pela indústria de videogame. “Os videogames são sempre um local para a inovação”, disse, citando exemplos de progressos em áreas como a inteligência artificial ou reconhecimento por voz.

Enquanto a Sony e a Valve se encontram a aventurar no espaço da realidade virtual, a Microsoft escolheu investir na realidade aumentada, com os Hololens. No lugar de imergir o utilizador em todo um novo mundo, esta tecnologia utiliza o ambiente do mundo real para representar as suas criações.