O estúdio que está encarregado do sucessor espiritual de Banjo-Kazooie sabe no que está trabalhando a Rare, e Gavin Prince, o chefe da Playtonic, acha que o projeto “parece muito bom.”

“Estou ansioso pelo que estão fazendo,” disse Price, “as pessoas vão ficar contentes por com isso.”

Price não é um desconhecido para a Rare, tendo trabalhado para a companhia durante 20 anos. “Ainda mantenho contato com eles, sei no que estão trabalhando,” disse ao The Guardian.

No início do ano, Robin Beanland disse que este seria um bom ano para a Rare.

Enquanto não sabemos nada sobre este projeto, a Playtonic está a trabalhar num sucessor espiritual de Banjo-Kazooie conhecido como Project Ukelele.