0
4 shares

Quando escolhi ler esse livro, já tinha assistido a série. E é nesse meio termo que me encontrei, com duas formas de ver os detalhes por trás do FBI, John Douglas e Mark Olshaker avisam que não entregam a forma de matar nem de caçar, mas mostram com explicações como identificar serial killers. Mindhunter: O primeiro caçador de serial killers americano retrata como foi a criação do setor dentro do FBI, como foi torturante estudar a mente desses assassinos e os encontrar, a tradução desse livro é pela Editora Intrínseca.

O livro tem uma conexão muito boa com a série que foi produzida pelo serviço de streaming Netflix. Mas, o que você assiste ali é apenas uma parte do que a sua imaginação pode produzir ao ler esse livro.

A editora nos prepara para a leitura com uma nota: “… a edita optou por não alterar informações relativas a eventos posteriores à primeira publicação” ou seja podemos ler esse livro baseado na sua primeira publicação em 1996.

Nele podemos imaginar um pouco da vida de John Douglas e Mark Olshaker, todos os momentos tensos disfarçados por conversas, bebidas e cigarros. Além de buscarem os assassinos, buscavam a ordem pessoal e familiar.

No primeiro capítulo já somos sugados por uma vibração de desespero. Coloque-se na posição do caçador. E assim começamos a induzir nossa mente a compreender as palavras de John Douglas. Os detalhes que seguem os próximos capítulos nos fisgam pra saber como eles encontraram cada um dos assassinos nos respectivos casos, o livro passeia pelo percurso que o fez ser sucesso, os estudos de ciências comportamentais, fala sobre as entrevistas com os assassinos como o Kemper, Heirens e Speck

Quem assistiu a série ao ler o livro pode identificar partes bem coerentes com a obra como o caso do Speck, a cena que ele arremessa o pássaro no ventilador, além dessa a parte da sua conversa também foi detalhada de acordo com o livro.

Com tudo, o livro é uma imersão com detalhes do que John Douglas queria passar a frente. Um serial killer nasce ou é criado? Essa é uma pergunta muito forte, imagine se você pudesse mudar a história de uma pessoa identificando atos que poderiam mudar toda uma história horripilante no futuro.

A leitura flui muito, mas só indico esse livro pra você, se realmente curte esse tipo de escrita criminal, se não consegue imaginar os detalhes de um assassinato brutal ou ler o depoimento desses assassinos não comece esse livro. Ele me deu muita dor de cabeça, minha mente é um mundo de imaginação. Espero que a sua leitura seja tão boa quanto a minha.

E estou aguardando ansiosamente a segunda temporada de Mindhunter na Netflix.


Like it? Share with your friends!

0
4 shares
Clezia Moura

CEO & Fundadora do Pipoca Nerd® 🍿 Publicitária | Social Mídia | Nerd | Jedi | AL🌵| ♊️
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format