0
43 shares

Saudações pipoqueiras, turuboooom com vocês?

Chegando aqui mais um daqueles livros que balança nossa alma e deixa um pouco de carinho em nossos corações. Hoje vamos falar do livro Palavras de Rua, de Felipe Saraiça e publicado pela editora Pendragon.

Quando vi essa edição, achei simples em comparação com o que temos visto da editora. Um capa limpa, menos fantasia, uma edição cru. Mas ao ler esse livro, vi que foi intencional esse desapego ao aparente. Esse livro tem tanta carga emocional que escorre pelas palavras e em nada acrescentaria mais informação em sua capa.

É um livro sobre empatia, sobre dor e sobre medo. Aquele medo que a gente tem do fracasso, da culpa, dos anseios. Aquela dor desse mesmo fracasso, dor do outro e pelo outro. Que livro maravilhoso, pessoas. Sério. Saraiça consegue trazer tanto em cada palavra que me admira que o livro seja tão curto. Acho que conversar com ele deve ser um assombro.

O livro conta a história de João, adolescente fugiu de casa com o intuito de arrumar um trabalho e tirar sua mãe dos maus tratos de casa. Partiu sem rumo e muita coisa dá errado. No final, João se vê na rua, sem expectativa, sem rosto, sem nada.

Agora morador de rua, o livro revela como a vida é difícil, como existe mais em cada rosto da rua, em cada história não contada, em cada dor. Nos faz parar para pensar que não vemos mais as histórias das pessoas. Julgamos apenas capas e cores (assim como fiz com esse livro).

E como é bom encontrar bondade, encontrar empatia, encontrar sorriso onde tem tanta luta. Eu me apaixonei por esse livro no instante que comecei e assim que terminei. Eu me apaixonei por cada braço estendido e também por cada pré conceito retirado de mim.

João parece ser apenas um rosto mas é mais. João é um pedaço de nós. Ele é aquele fracasso que nunca superamos e acaba enterrado dentro da gente, fazendo sangrar cada vez que não o resolvemos.

João é força e lindeza.

Em seu livro, Saraiça me trouxe um calor no coração e eu quero que você também tenha isso. Leia, leia e me conte. Leia e conte pro mundo. Leia e absorva com a alma. Marginalização existe e sempre vai existir. Vamos fazer a diferença a partir de agora e ver além do que parece?

“Se alguém que não tem nada tira o pouco que tem para dar um presente, essa atitude deve ser admirada…”

 

Até mais.


Like it? Share with your friends!

0
43 shares
Denise Lima

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format