0

Olá olá pipocas do meu turu turu,

turuboooooom?

Cheguei trazendo mais um thriller psicológico daqueles que a gente curte demais e devora até as unhas.

O livro Você nasceu pra isso é daqueles que a capa instiga e a sinopse causa ansiedade. Eu fiquei super interessada mas nem imaginava que ia ser tão louco!

O livro conta a história de Sam e Merry, um casal de comercial de margarina, com o bebê Conor. Acho que só faltou um labrador. Sério.

Os dois tem aquele relacionamento lindo de se ver, com a casa perfeita, criança loira de olhos claros, dinheiro na conta e amor envolvido, só que não.

O que menos tem ali é amor. E eu digo isso sério, porque a relação dos dois é tão doentia que chega a doer. Acontece que todo mundo tem segredo e o deles é esconder bem o fato de que ninguém é feliz com o que tem e ninguém parece se gostar de verdade.

Mudando pra uma casa no meio de uma reserva na Suécia, o casal e o bebê vivem uma rotina simples: ela planta, colhe, cozinha, maltrata o bebê e assiste seriados ridículos. Ele sai falando que tá cheio de trabalho, pega a amante, bebe um pouco e pensa em formas de dominar a mulher. Bem simples.

Acontece muita coisa até a chegada de Frank, melhor amiga de Merry há 30 anos, aquela amizade super sincera e cheia de afeto. Só que não de novo. O que mais tem entre as duas é uma guerra de ego e inveja de doer os dentes.

Gente, esse livro é surreal de tão maldoso. Em alguns momentos a crueldade me doeu no coração. É de uma maldade tão crua e o fingimento, as conversas.. Nossa, assustador. Claro que eu amei. haha

Uma coisa diferente de tudo que eu tô acostumada é que o livro tem uma espécie de discurso indireto, não tem travessão e no começo até estranhei. Logo acostuma.

Com a chegada de Frank as coisas parecem desandar ainda mais, já que a amiga pretende assumir o papel de Merry em todos os pontos da casa, cuidando da limpeza, do marido e do filho. Como a Merry reage a isso? Loucamente.

Com um marido bem estranho, professor, demitido por assédio. Uma esposa que já tentou de tudo na vida, nunca conseguiu achar o que gosta de verdade. Uma melhor amiga super cool cheia de amigos e gostosona. Um vizinho tarado e uma vizinha surtada. Eu curti muito o livro.

Os personagens secundários me fazem pensar que essa reserva na Suécia tem um lance  muito louco na água, quanta gente doida junta, MEODEOS.

No livro lidamos com traumas de infância, problemas não superados, cada personagem tem um problema na cabeça. Um abuso infantil é algo que pode nunca mais sumir da vida de alguém. E vemos claramente isso nos personagens desse livro. Não são apenas personagens loucos e insanos, são histórias, são bagagens, aninhadas ali, guardadas no fundo da alma. Basta um olhar atento que você consegue ver o que cada um esconde.

Pontos bem amarrados e tudo no lugar, não senti falta de nada. O fim foi quase surpreendente mas não teve nenhum impacto enorme também. Ficou naquele meio termo. Eu adorei a leitura, foi aquela que te prende, que te faz querer terminar pra saber realmente o que tá acontecendo.

De resto, meu coração é do Conor. Até o fim.

E nos vemos em breve, leiam.

 


Like it? Share with your friends!

0
Denise Lima

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format