O livro Um lugar no coração é um romance da autora Sherryl Woods e conta o insólito encontro entre Deanna Blackwell e Sean Devaney. O livro foi lançado em 2013 pela Editora Harper Collins.

Algumas histórias de amor acontecem da forma mais inesperada possível e foi assim que aconteceu com Sean e Deanna. O encontro dos dois se deu por causa de uma grande tragédia.

Sean é bombeiro e seu pão de cada dia é sair pela cidade salvando vidas. Em um típico dia de trabalho, ele atendeu um chamado de incêndio e foi aí que conheceu o garotinho mais incrível do mundo, Kevin e por tabela a mãe do garotinho, Deanna.

Kevin tem 5 anos e é o único filho de Deanna. Os dois tiveram a casa totalmente destruída pelo fogo. Antes do incêndio eles não tinham muito e depois dele ficaram em completa miséria.

Kevin ama bombeiros e foi por isso que resolveu dar uma olhada no caminhão dos bombeiros. Ele encontrou Sean que ficou muito curioso com a falta de desalento do menino que permanecia tranquilo mesmo sabendo que tinha acabado de perder a casa. Kevin é um garoto esperto e tagarela, completamente apaixonante.

Entre mortos e feridos, salvaram-se todos, já dizia aquela piadinha infame que se ouve por aí. Apesar da perda material, ninguém se feriu no incidente.

Quando Deanna foi até o local do incêndio, Sean estava tomando conta de Kevin. O garoto enchia Sean de perguntas sobre a vida de bombeiro. A atração entre Sean e Deanna foi mútua e instantânea, bastou um olhar. Apesar de todo o esforço de repelir o interesse, os dois pareciam imãs.

Uma salva de palmas para o melhor cupido de todos, Kevin. O garotinho amou Sean desde que o conheceu e sua carência afetiva também contribuiu para que ele se agarrasse ao bombeiro como se fosse o seu melhor candidato a PAI.

A trama mostra um grande impasse no relacionamento entre Sean e Deanna que são os traumas que ambos carregam. Sean foi abandonado pelos pais quando era criança e Deanna foi abandonada pelo ex marido. O passado difícil dos dois é uma tremenda desculpa para que eles tentem reprimir os sentimentos. Os nossos protagonistas vivem um típico círculo da auto sabotagem, sendo certo que eles reconhecem as qualidades um do outro e teimam em ficar afastados.

Toda história tem o herói (Nosso bombeiro Sean) e a mocinha indefesa (Deanna). Não, não, não.

Nesse caso, o Sean até pode ser o nosso herói, afinal ele salva vidas, é todo bonitão. Em contrapartida, Deanna é uma contradição com as mocinhas que estamos acostumados, pois ela não é uma donzela indefesa. Ela é uma mulher muito forte que mesmo tendo sido abandonada pelo primeiro marido, conseguiu criar o filho sozinha. É uma verdadeira leoa quando precisa proteger a cria. Por tudo isso, Sean não é o seu salvador, é apenas um cara bacana que pode vir a se tornar parte de sua vida.

 Sean foge de relacionamentos como quem foge da cruz, pois seu maior temor é ser abandonado novamente. Ao conhecer Deanna ele sentiu um desejo incontrolado de cuidar dela e de Kevin, entretanto sempre que tenta fazer isso é fortemente repreendido por nossa super mulher.

Esse romance é para ler em um dia mesmo. Você vai virando as páginas e sem perceber chegou ao final.