O inverno está chegando… e com isto não queremos fazer nenhuma referência a Game of Thrones, mas sim alertar para o fato de estar chegando as pausas de inverno (a.k.a. fall finales ou winter finales, a.k.a. hiatus de inverno,a.k.a. semanas de desespero quase sem séries para ver, ou qualquer outro nome que lhe queiram dar). Esta semana já tivemos algumas séries a entrar neste período de hibernação, mas tivemos ainda as estreias de Into the Badlands e de Chicago Med. Vejam como essas e outras séries se portaram esta semana.

Domingo, 15 de novembro

A estreia de Into the Badlands no canal por cabo AMC foi, como antecipado, bastante positiva. Precedida por The Walking Dead, a nova série de artes marciais registou 6.4 milhões de espectadores e obteve um brilhante rating demográfico na faixa dos 18-49 anos de 3.2, ultrapassando Blindspot e Supergirl no ranking de estreia mais bem cotada desta Fall Season.

Nos canais abertos, foi uma noite positiva, no geral, para as séries americanas de domingo à noite. Brooklyn Nine-Nine (2.7 milhões/1.3) e CSI: Cyber (5.4 milhões/0.9) somaram uma décima ao rating demográfico da semana passada; Last Man on Earth (2.8 milhões/1.2) somou duas; a dose dupla de Once Upon a Timemesmo não tendo aumentado o demo, conseguiu ligeiras melhorias de audiência na primeira hora (5 milhões/1.6), mas baixou radicalmente para a pior audiência de sempre na segunda hora (4.6 milhões/1.6), ainda que o resultado corresponda a números superiores aos conseguidos recentemente por Blood & Oil no mesmo horário.

Quantico (4.2 milhões/1.3), Madam Secretary (10.1 milhões/1.3) e The Good Wife (8 milhões/1.1) mantiveram os demos da semana anterior.

2.ª feira, 16 de novembro

Supergirl voltou às subidas esta semana, pela primeira vez desde o seu lançamento, com 7.8 milhões de telespectadores e um rating de 1.8 (mais uma décima que a semana passada).

Scorpion (9.2 milhões/1.7), Castle (6.7 milhões/1.1), Minority Report (1.7 milhões/0.7) e Jane the Virgin (1.1 milhões/0.5) também registaram pequenas subidas.
Sem a mesma sorte, portanto a registar descidas, estiveram NCIS: LA (7.9 milhões/1.3) e Blindspot (8.2 milhões/2.1).
Sem alterações ficaram Crazy Ex Girlfriend (890 mil/0.3) e Gotham (4.4 milhões/1.5).

3.ª feira, 17 de novembro
Foi dia de estreia do segundo spin-off de Chicago Fire, Chicago Med. O novo drama médico da NBC chegou com uma audiência de 8.6 milhões e 2.2 de rating. Com este rating, Chicago Medesteve na liderança da noite de terça, juntamente com NCIS (16.6 milhões/2.2).

Com novos episódios tivemos Limitless (7.6 milhões/1.4), Chicago Fire (8 milhões/1.9), The Flash (3.5 milhões/1.4) eiZombie (1.3 milhões/0.5), que perderam todas uma décima; The Grinder (2.4 milhões/0.9) e Fresh Off the Boat (3.9 milhões/1.4) ganharam uma; já NCIS: New Orleans (12.9 milhões/1.7), Grandfathered (3 milhões/1.0), Scream Queens (2.4 milhões/0.9) e Agents of S.H.I.E.L.D. (3.6 milhões/1.3) não sofreram alterações relativamente aos demos da semana anterior.

4.ª feira, 18 de novembro
Quase que eram boas notícias para Empire esta semana. A série encabeçada por Taraji P. Henson conseguiu uma subida de 2 décimas no rating com o mais recente episódio, atingindo o valor de 4.4. No entanto desceu em audiências, registando 11.3 milhões, o resultado mais baixo desde o 3.º episódio da 1.ª temporada.

Rosewood (4.7 milhões/1.5) e Arrow (2.7 milhões/1.1) subiram, tal como as comédias familiares da ABC: The Middle (7.9 milhões/2.1), The Goldbergs (7.1 milhões/2.2), Modern Family (8.4 milhões/2.8) e black-ish (6.1 milhões/1.9).

Sem alterações estiveram Code Black (6.6 milhões/1.2), Nashville (4.4 milhões/1.0) e Supernatural (1.7 milhões/0.7).

No eixo negativo da questão, com descidas de uma ou mais décimas no demo, ficaram Criminal Minds (8.1 milhões/1.5), Law & Order: SVU (6.3 milhões/1.4), Chicago P.D. (6.5 milhões/1.4) e Mysteries of Laura (7.4 milhões/1.1).

5.ª feira, 19 de novembro

Começam os fall finales com a aproximação do inverno e lá vamos nós ter que esperar umas semanas (ou meses) pelos novos episódios das nossas séries.

A noite de Shondaland na ABC esteve em alta total. Grey’s Anatomy partiu para férias de inverno sendo vista por 8.5 milhões de americanos, conseguindo um rating demográfico de 2.5, resultados que se traduzem em subidas de 6% em audiências e de 3 décimas no demo. Do mesmo modo, Scandal (8.1 milhões/2.4) e How to Get Away With Murder (7.2 milhões/2.3) também cresceram em audiências e ganharam 2 e 4 décimas no demo, respetivamente.

Já na FOX, Bones (5.3 milhões/1.0) e Sleepy Hollow (2.8 milhões/0.8) perderam uma décima cada uma.

Também a entrar em hibernação estiveram Heroes: Reborn (3.7 milhões/1.1) e The Blacklist (6.9 milhões/1.5) na NBC. Foi ainda noite do final de temporada de The Player (3.4 milhões/0.8), com o registo de mais uma décima no demo.

Por outras, isto é, canais, The Vampire Diaries (1.1 milhões/0.5) perdeu um décimo, o spin-off The Originals(800mil/0.4) perdeu audiências; The Big Bang Theory (15.2 milhões/3.8), 2 Broke Girls (6.4 milhões/1.7), Mom (7.5 milhões/1.7) e Elementary (5.6 milhões/0.9) subiram todas norating, enquanto que Life in Pieces (8.4 milhões/1.8) se manteve estável.

6.ª feira, 20 de novembro

Para terminar a semana, Undateable (2.8 milhões/0.8) e Reign (1.1 milhões/0.3) registaram subidas de audiências, mas a última perdeu no demo.
Sem alterações estiveram Hawaii Five-0 (9.1 milhões/1.1), Dr. Ken (6.1 milhões/1.2) e Truth Be Told (2.1 milhões/0.6).
Fora estas, a noite foi marcada por descidas por todos os canais: Grimm (3.6 milhões/0.9), Blue Bloods (11 milhões/1.1) e Last Man Standing (7.2 milhões/1.2).