A terceira temporada de The 100 só estreia no começo de 2016, o que significa que teremos mais alguns meses de espera até retornarmos ao mundo pós-apocalíptico da atração.

Enquanto isso, nada melhor do que conferir algumas informações a respeito dos personagens e do que virá no futuro da narrativa.

Antes das informações vamos recapitular The 100 ?

Durante a Comic-Con, o produtor de The 100 Jason Rothenberg e os atores Eliza Taylor, Bob Morley, Marie Avgeropoulos, Lindsey Morgan, Ricky Whittle e Isaiah Washington revelaram algumas novidades do novo ciclo.

O que rolou de melhor você confere abaixo:

  • Teremos o primeiro salto temporal entre temporadas em The 100. Terão se passado cerca de dois meses desde que Clarke deixou seu povo.

 

  • A história que ocorre na mansão (encontrada por Jaha no season finale) levará a série para uma direção muito mais ligada à ficção científica. Não à toa, o tema do novo ciclo será: o que significa ser humano?

 

  • Teremos duas narrativas principais: uma que continua a mostrar os Terra-Firmes e as pessoas que vieram do céu e outra que lidará com inteligência artificial.

 

  • Conheceremos pessoas que foram mencionadas, mas nunca vistas, e entenderemos a política dos selvagens.

 

  • “Alianças mudarão e outras serão feitas entre certos personagens”, declara Isaiah Washington.

 

  • Segundo Eliza Taylor, o que Ckarke fez no fim da temporada foi tão grande e traumático que a levou a fugir, algo que não é muito de seu feitio. “Acredito que ela estará um pouco fora dos eixos”, ainda morando na floresta e sozinha.

 

  • “Clarke está quebrada e pouco humana. Quando retornarmos, uma das respostas que daremos é se Clarke será capaz de se tornar um ser humano novamente”, diz o produtor.
872Q2ny

The 100

  • Por outro lado, podemos ter uma reconciliação entre Clarke e Lexa, já que a atriz Alicia Debnam-Carey (agora uma das estrelas de Fear the Walking Dead) retorna para a atração da CW. Ao mesmo tempo, o Rothenberg foca no fato de que “Clarke está enfurecida”, o que significa que a conversa entre as duas não será das mais tranquilas.

 

  • Sobre o futuro de Clarke e Bellamy juntos, o produtor apenas declarou: “nunca se sabe”.

 

  • E, por falar em Bellamy, Morley acredita que seu personagem vai seguir rumo à liderança — algo que Clarke deixou para trás. Apesar disso, ele ficará ressentido por ela ter partido, uma vez que acreditava que, juntos, eles resolveriam a situação vinda da queda de Mount Weather.

 

  • Já Octavia finalmente encontrou, em Lincoln, um lugar no mundo. “Os Terra-Firmes revelaram a guerreira que existe nela, então acredito que ela terá dificuldades em retornar ao grupo da Arca”, revela Avgeropoulos.

 

  • Enquanto isso, Lincoln seguirá com seus valores, algo que nunca mudou durante a série. “Ele continuará a fazer sacrifícios imensos por aquilo que acredita e por Octavia”.

 

  • Vale destacar, no entanto, que os dois devem seguir caminhadas diferentes: enquanto Octavia encontrou uma nova posição como líder, Lincoln tenta fugir deste papel.

 

  • Sobre Raven: no final da segunda temporada, ela estava em uma posição precária e, mesmo que não queira admitir, é uma pessoa delicada. “Emocionalmente, ela está vivendo sem Finn e sente o luto. Existe alguém novo em sua vida, o que é um obstáculo. Raven está tentando se recuperar, pouco a pouco”, declara Lindsey Morgan. “É difícil para ela ser vulnerável e aberta, alguém presente com Wick”.

E você que acompanha The 100, não vê a hora da volta da série?