The Vampire Diaries season finale foi a modo Julie Plec, muitas lágrimas, TVD se despede da 7ª temporada com uma season finale emocionante, elétrica, com muita prova de amor e cuidado.

Gente, a lágrima rolou fácil (sou sofredora, Delena)! Assisti no canal do nosso parceiro Diários de um Vampiro Brasil

O episodio anterior foi cheio de loucura (novidade?), resumo bem básico: Bonnie morrendo, Enzo e Damon em busca de uma solução para ela (ACHARAM! Rayna dá a vida e os fardos pra Bonnie e ela vira uma caçadora), Bonnie caçadora mais rápida que o Flash marca a Caroline e o Enzo, Matt loucão atrás do Stefan, Caroline foge com Stefan por causa da marca, tem um espirito muy loco no cofre do Arsenal, e o de sempre, sangue, cabeças e whisky.

Bem a season finale sempre é o ápice da série, é onde tudo acontece de uma vez e a gente fica que nem louco pra entender, depois da saída da Nina, qualquer detalhe sobre ela ainda comove os fãs e principalmente os fãs Delena, sendo assim Julie Plec provou que pode sim ser destruidora, lacradora da porr@ toda!

Season finale: 

No início do episódio  Damon diz a Stefan que precisam de Valerie para retirar o feitiço e abrir a Arsenal, mas o vampiro não sabe onde se encontra a herege. Então, ele diz que será preciso a ajuda das filhas de Alaric, mas Caroline não quer correr esse risco, por que Bonnie a marcou e consegue ver onde ela está e isso pode colocar as gêmeas em risco.

Numa corrida frenetica, Bonnie liga para Caroline e pede que ela fuja o mais rápido que puder, pois ela esta chegando perto e não quer matar a amiga, a loira percebe que a ela está sofrendo e decide pedir a Alaric a ajuda das garotas. Bonnie e Matt sofrem um acidente de carro. Ela deixa seu amigo ferido e preso na viatura, para continuar sua perseguição.

Para o plano dar certo, Enzo liga a Bonnie e pede que ela se foque nele. Ela acaba cedendo e segue em perseguição de seu amado. Ela o encontra na cabana e os dois se envolvem em uma luta.

Entretanto, as gêmeas conseguem abrir a Arsenal para Damon e Stefan entrarem. Quando chegam à porta do cofre, Damon pede a Stefan que não entre com ele (aquela prova de amor, apesar dos pesares, mas logo na porta filho? Saiam logo daí!), dizendo que ele tem lá fora alguém que o ama esperando por ele e que deve ser ele a fazer aquele sacrifício. Damon pede desculpa a seu irmão, por tê-lo deixado há 3 anos.

Na cabana, Bonnie consegue imobilizar Enzo e está cravando uma estaca em seu coração. Embora esteja agindo contra seus sentimentos, ela não consegue parar. Enzo lhe diz para não recordar aquele momento quando tudo terminar, que sempre se sentiu sozinho, mas que, no final, teve a oportunidade de ter amor e felicidade com ela e diz que a ama. Ela devolve a declaração, enquanto lhe crava a estaca no coração. Nessa altura, Damon encontra o corpo do último xamã, tocando fogo no mesmo e Bonnie deixa de ser uma caçadora, o que a impede de matar Enzo (pense no alívio que tive nesse momento, eles foram um casal tão lindo! Já basta Matt ter matado a noiva sem querer né gente?!).

Alaric se despede de Caroline, dizendo que ela deve ficar e que irá amá-la sempre por ela ter mudado sua vida (“Rick apaixonado por Caroline não me desce. – Zany”). Caroline está livre para amar quem ela nunca esqueceu, Stefan (Own gente Rozany “Zany” pira com isso, ela acha o casal um fofo e assumo que também estou achando e não está nada de forçado).

Entretanto, Matt continua preso no carro, ferido e inconsciente. Nesse estado, ele vê o espírito de Penny e diz-lhe que não consegue sair daquela vida e ela responde que ele nunca tentou realmente. Matt quer desistir e morrer, mas Penny manda-o acordar e ele acaba sendo salvo por uma equipe de socorro (continua sendo o único humano ali, coitado gente kkk).

Quando recebe uma mensagem de Damon, Stefan celebra com Caroline e os dois se beijam (a igreja disse: Amém?!  😉 ). Ainda na Arsenal, Damon telefona a Bonnie, que agradece tudo o que ele fez por ela. Nessa altura, o vampiro ouve a voz de Elena chamando por ele (olha o sofrimento da Delena aqui, já comecei a chorar, por que sentia o que ele ia fazer em seguida). Bonnie diz ao amigo que é uma ilusão e que o corpo de Elena está a salvo em Brooklyn, mas ele não resiste ao apelo e acaba entrando no cofre (Zany entrou em desespero e foi tipo: Damon não entre, não seja burro, sai daí, pelo amor de Deus, entre outras coisas que o desespero dela soltou).

Por isso, Enzo e Bonnie se dirigem para a Arsenal e como só os membros da organização conseguem abrir o cofre, Enzo vai procurar Damon. Ele entra no cofre, onde encontra um Damon já possuído pela coisa ruim, que acaba possuindo também Enzo.

No final do episódio, os personagens de Mystic Falls estão escrevendo um diário para Elena. Caroline revela à amiga que ficaram dias sem conseguir entrar no cofre e que quando lá entraram, o mesmo estava vazio. A vampira escreve ainda que Bonnie nunca recuperou sua magia e que se sente desesperada por ter perdido as pessoas que lhe eram mais próximas.

Também Matt escreve para Elena, contando que fez tudo o que podia para ajudá-los a encontrar os vampiros, mas que, eventualmente, teve que seguir sua vida e tentar ser feliz, tomando assim a decisão de deixar Mystic Falls (será a despedida do ator ‎Zach Roerig?! Aquela despedida que ninguém se tocou ainda).

Por fim, também Stefan escreve para Elena, dizendo que só ao fim de 3 meses conseguiram encontrar um sinal dos vampiros, através de notícias de pessoas desaparecidas. Ele termina dizendo que o quer que aconteça, não é culpa de Damon (eu já estava mortinha da Silva chorando horrores!).

No final do episódio de ‘The Vampire Diaries’, vemos Damon e Enzo entregues ao seu lado mais obscuro.