A série de suspense Wayward Pines já conta com dois episódios e a partir deles já podemos fazer uma boa ideia do que vem pela frente: muitas perguntas, já que a cada momento os personagens entram em situações surreais e inexplicáveis.

Na série dirigida e produzida por M. Night Shyamalan, um agente do serviço secreto americano, Ethan Burke (Matt Dillon), é enviado à cidade de Wayward Pines à procura de dois agentes desaparecidos. Antes de chegar na cidade sofre um acidente de carro e acorda atordoado. A partir daí todo o suspense começa. Burke tenta de todas as maneiras se comunicar com seus familiares e com a sede do serviço secreto, mas sem resultados.

Sair de Wayward Pines também se revela um problema; após diversas tentativas de sair do local, Burke acaba descobrindo que a cidade está envolta por uma enorme cerca, além de ter escutas escondidas por todos os lados.

Para completar sua aflição, Burke é atormentado por uma estranha enfermeira, Pam (Melissa Leo), que quer a todo custo manter o recém acidentado agente em seu hospital.

O elenco conta com nomes de peso, como Carla Gugino, Juliette Lewis e Terrence Howard. Não sei bem, no entanto,  se Matt Dillon foi uma boa escolha para o papel principal – ele faz uma atuação inexpressiva do agente Burke.

O roteiro da série é bem amarrado, e a fotografia sombria conflitanto com a “normalidade” de uma cidadezinha do subúrbio contribui para o ar de estranheza e surrealidade da história. A série tem tudo para dar certo e prender a atenção de quem gosta de um bom suspense psicológico.

As críticas até agora foram bem positivas, resta saber se continuará assim até o décimo e último episódio. Aqui no Brasil a série vai ao ar pelo canal Fox. Vale a pena dar uma conferida!