O jogo contará com a experiência mais otimizada possível e que vai ter visuais espetaculares, mas que de momento não tem nenhum alvo para o frame-rate, embora o foco seja uma jogabilidade mais emergente, incentivando os jogadores a exibirem as suas conquistas insanas que até os produtores não sabiam que eram possíveis.

Roland Lesterlin sabe que Just Cause é conhecido pela destruição e pelas belas explosões e que por esse motivo querem levar isso além com este novo jogo, falando posteriormente da Havok, produtora do principal motor de física do jogo, disse que a relação tem sido incrível ao longo dos anos e que graças a isso tem conseguido levar a destruição a um outro nível e fazer enormes explosões épicas.

Também foi dito por Roland Lesterlin que para construir a melhor experiência de console de Just Cause 3 que é necessário aprenderem ainda algumas lições, mas que querem incentivar a comunidade modding tanto quanto possível e que Just Cause 3 é o sandbox dos jogadores.