0

Amanhã completará 9 anos de uma união que deu certo.

Nenhuma outra união entre empresas rendeu tantas alegrias quanto a fusão da Pixar com a Disney. Não são só as crianças que curtem as produções de animação como Toy Story, Procurando Nemo e Carros, mas as centenas de pessoas que confiaram no talento e visão de um grupo de profissionais cujo trabalho mudou para sempre a maneira de animar desenhos e criou personagens que estão nos corações de todos.

A história da criação da Pixar combina sonhos de jovens artistas, engenheiros e cientistas de diferentes áreas que, apesar das limitações técnicas e econômicas, estavam convencidos de que por meio do trabalho e da experiência, eles conseguiriam revolucionar a forma que os desenhos animados eram feitos.

A união definitiva dos talentos da Disney e Pixar foi oficializada em 24 de janeiro 2006, mas as atividades em conjunto das companhias começou em 1990, quando os diretores de ambas as empresas analisaram a possibilidade de trabalharem juntos.  Essa decisão foi tomada em 1991, quando assinaram um acordo para a produção e distribuição de um filme animado digitalmente.

Na verdade, essa também não foi a primeira vez que a história da Pixar e da Disney se cruzou. Isso aconteceu muito tempo antes, quando o então adolescente John Lasseter, um dos três sócios fundadores da Pixar, descobriu que a Disney estava contratando ilustradores. Ele não hesitou um instante sequer: John pegou o livro “A Arte da Animação”, de Walt Disney, e procurou de todas as formas possíveis, uma oportunidade de trabalhar na Disney. Ele conseguiu o seu primeiro trabalho no Magic Kingdom e, assim que começou a faculdade, com 20 anos, garantiu uma vaga entre os ilustradores dos estúdios Disney. Lá, ele não demorou a mostrar todo o seu talento. Lasseter tinha ideias realmente revolucionárias para a animação e ele fala sobre isso em um documentário sobre a Pixar: “em 1979, os artistas tinham pavor de computadores, acreditavam que as máquinas os deixariam desempregados”.

Como começou a história da Pixar?

  • George Lucas, da Lucas Film e o criador de Star Wars, chama Ed Catmull, engenheiro do The New York Institute of Technology, para fazer parte de uma inovadora equipe que trabalharia com o desenvolvimento da arte digital. “Foram anos em que ficávamos até qualquer hora trabalhando nos computadores, fazendo gráficos”, conta Catmull.
  • Em 1983, Lucas decide criar uma divisão de animação computadorizada chamadaPixar. O jovem animador John Lasseter começa a fazer os seus primeiros trabalhos e, um ano depois, é contratado para trabalhar no curta-metragem As Aventuras de André e Wally B., que depois se tornaria o primeiro curta-metragem de animação computadorizada. Eles surpreendem o mundo do cinema e da tecnologia ao exibirem algo que jamais havia sido feito antes.
  • Apesar de darem o primeiro grande passo na história da animação, George Lucas chegou ao limite das suas possibilidades para financiar o projeto de animação computadorizada e, em 1985, a Pixar e todo o esforço da equipe parecia estar prestes a desaparecer.
  • Quando tudo indicava que cada um seguiria o seu caminho, o novo multimilionário Steve Jobs entra em cena. Ele fecha um acordo com Lucas e paga 5 milhões para ficar com a divisão da empresa. Jobs não perde tempo e coloca à disposição da sociedade mais 5 milhões de dólares para que mais um curta-metragem de animação fosse produzido.

 

Encontrando a Disney

Com a entrada de Jobs, a Pixar deixa de ser uma empresa de hardware e software para animação e, em pouco tempo, transforma-se na desenvolvedora mais inovadora em arte computadorizada digital da época. Os estúdios Disney seguiram de perto a evolução da Pixar e logo viraram um dos seus principais clientes.

Em julho de 1987, o curta-metragem O Sonho de Red surpreende a todos. Logo depois, em março de 1988, Tin Toy é o primeiro curta de animação a receber um Oscar. O público fica encantado e todos começam a falar sobre as maravilhas de poder fazer os desenhos animados digitalmente. Em 1991, a Disney anuncia que trabalhará junto com a Pixar em um projeto. Depois de idas e vindas na produção, em 1995 a parceria estreia o seu primeiro filme: Toy Story.  Em poucas semanas, o filme quebrou todos os recordes de bilheteria. Ele fecha o ano sendo o título mais assistido no mundo inteiro e passa a fazer parte da lista dos maiores clássicos de todos os tempos.

O sucesso de Toy Story leva a Pixar à Wall Street. Em poucos dias, eles levantam mais de 130 milhões de dólares, tornando-se a operação financeira mais importante do ano.

Na cerimônia do Oscar de 1996, John Lasseter recebe uma estatueta pela direção de Toy Story, e Ed Catmull, junto com a sua equipe de engenheiros, leva o prêmio de Ciência e Engenharia pela invenção e composição das imagens digitais.

Em 1997, a Disney anuncia um acordo com a Pixar para a produção de mais 5 filmes nos próximos 10 anos. Tantos anúncios não fazem a Pixar perder o ritmo e, em 1998, a empresa apresenta outro sucesso de bilheteria e originalidade com Vida de Inseto.

Antes do final do século 20, Pixar e Disney voltam a surpreender o público com Toy Story 2.

Pouco tempo depois, em 2001, Monstros S.A. se transforma no filme preferido de crianças e adultos. Em 2003, eles apresentam outro filme que se tornaria inesquecível:Procurando Nemo. No ano seguinte, a história recebe muitos prêmios e se transforma no DVD mais vendido da história. Em 2004, as empresas lançam Os Incríveis.

Finalmente, chega o ano da união. Em 2006, a Disney informa a compra da Pixar por 7,5 bilhões de dólares, decisão que transformou o lendário Steve Jobs, o ilustrador e diretor John Lasseter e o genial Ed Catmull nos sócios perfeitos que terminariam de transformar a Pixar na mais importante produtora de filmes de animação do mundo. Uma história incrível que, apesar de tudo o que já foi realizado, acabou de começar.

 

Você já assistiu a esses filmes?

Uma demonstração do espírito do trabalho em equipe da Pixar: todos os 14 filmes da Pixar foram dirigidos e codirigidos por 14 diretores diferentes.

 

1995: Toy Story / John Lasseter

1998: Vida de Inseto / John Lasseter e Andrew Stanton

1999: Toy Story 2 / John Lasseter, Ash Brannon e Lee Unkrich

2001: Monstros S.A. / Pete Docter, David Silverman e Lee Unkrich

2003: Procurando Nemo / Andrew Stanton e Lee Unkrich

2004: Os Incríveis / Brad Bird

2006: Carros / John Lasseter e Joe Ranft

2007: Ratatouille / Brad Bird e Jan Pinkava

2008: Wall-E / Andrew Stanton

2009: Up: Altas Aventuras / Pete Docter e Bob Peterson

2012: Toy Story 3 / Lee Unkrich

2011: Carros 2 / John Lasseter e Brad Lewis

2012: Valente / Mark Andrews, Brenda Chapman e Steve Purcell

2013: Universidade Monstros / Dan Scanlon


Like it? Share with your friends!

0
Clezia Moura

CEO & Fundadora do Pipoca Nerd® 🍿 Publicitária | Social Mídia | Nerd | Jedi | AL🌵| ♊️
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format