0

“Não julgue um livro pela capa”, eles me disseram. Mas eu julguei. E caramba! não me arrependi. De forma alguma.

Faca de água, o novo lançamento de Paolo Bacigalupi traduzido no Brasil pela Intrínseca, surpreende tanto no editorial, quanto na literatura. A começar pela literatura, o livro conta a história de um futuro-não-muito-distante em que a água se tornou um bem extremamente valioso, enquanto o mundo todo enfrenta uma enorme seca. De cara, vemos que o livro é centrado no problema das mudanças climáticas atuais, sendo, assim, uma crítica aos nossos dias – e aos vindouros. Quanto ao editorial… que coisa linda! Palmas para a equipe do design <3

A narrativa inicial é um pouco lenta e o autor aproveita para apresentar os personagens da trama, através de diversos olhares. É nesses vislumbres entre Arizona, Los Angeles, Phoenix, Califórnia, Nevada, Texas e às margens do rio Colorado que se situa a história. Ali, conhecemos Angel Velasquez, o mercenário carismático; Lucy Monroe, a jornalista incansável (e minha personagem preferida); e Maria Villarosa, a moça pobre que só faz escolhas erradas. Claro que as histórias se completam logo à frente e a partir daí começa o desenrolar bom da história. Para tanto, o autor se utiliza de muita ação, aventura e reviravoltas de tirar o fôlego, enquanto constrói um mundo caótico e verossímil.

“Então, por que correr? Se o mundo inteiro está em chamas, porque não enfrentá-lo com uma cerveja na mão, sem medo?”

O mais profundo – e assustador, diga-se – é perceber que o problema da água não é só ambiental, mas também político e econômico. Isso fica bem claro quando se veem as guerras e inúmeras ações judiciais travadas entre governo, advogados, empresários, mercenários e militares na busca da sobrevivência e do lucro. Para além, a crítica à desumanidade da sociedade é muito forte, explorando o egoísmo dos homens mesmo em tempos de crise.

“As pessoas só vivem realmente quando estão prestes a morrer” disse ele. “Antes disso, tudo é um desperdício. Você não aprecia como as coisas eram boas até que você realmente esteja na merda “


Like it? Share with your friends!

0
Pedro Lucas Porto
Pseudopublicitário, sonha em conhecer Orlando e tirar uma selfie marota em frente ao Wizarding World of Harry Potter
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format