Eiiiiiii, vocês, turubooooom?

Tô chegando com novidade porque é de novidade que vocês gostam, né?

Vamos falar do novo livro de Leandro Zapata, mais novo integrante do nosso projeto #LeiaUmNacional. Leandro mandou pra gente seu livro Póstumo, ambientado em São Paulo e totalmente mórbido, do jeito que a gente gosta.

Com toques de fantasia e realidade, Póstumo conta a história de Leo e como ele fez um acordo com a Morte. Para salvar a vida do seu amor, Elena, ele troca sua vida pela dela. Clichê? Talvez, mas eu curti a maneira que isso se desenrola.

Primeira impressão do livro é que é bem jovem, com amigos deslocados, bem caracterizados e ambientados na cidade que eu amo: Sampa!

Leo é um jovem apaixonado por Elena, que tá saindo de uma festa com uns amigos e decidem esperar o metrô abrir pra irem pra casa. Infelizmente, a violência tá ai pra todo mundo e um rapaz decide roubar o celular de Leo. Ele é um fofo e nem cria caso, mas quando o assaltante decide que também quer a Elena, a coisa fica mais séria, porque Leo não vai deixar jamais. Arma envolvida e muito drama. Elena acaba tomando um tiro fatal e Leo faz um acordo com a Morte para deixa-la viver. Mas como todos sabem, para o balanço do universo, não dá pra perdoar uma morte assim, né? Leo acaba indo no lugar da amada e vai cumprir algumas tarefas, que eu imagino que sejam bem punks.

A história do livro nos conta que o Paraíso recebe as pessoas sem memória do que passaram na vida. Essas pessoas não conhecem o mal e, portanto, não podem levar o mal para o céu. Será que Leo vai mudar isso e bagunçar a área angelical lá em cima? Ele não é um personagem mau, até onde vi, mas quando se faz um acordo com a Morte, vale tudo, né? Veremos.

Os personagens são bons e eu espero que eles ainda apareçam no resto do livro, muito embora não seja o foco. Mas me apeguei, fazer o quê? O que mais gostei é que é um tema daqueles bem pesados, afinal, quem gosta de falar da morte, não é mesmo? Mas o livro é tão jovem com aquela pegada bacana que flui lindamente. Achei incrível isso.

Leandro consegue nos prender. Eu comecei a ler totalmente despretensiosa de tudo. Sentei e pensei: vamos lá, só umas páginas. Na segunda página eu já estava ajeitando as cobertas e me aconchegando, para ficar mais confortável. No fim eu só pensava: CADÊ O RESTO PELAMORDEDEOOOOOOOOS?

Achei bacana e tô curiosa. O desenrolar dessa história vocês podem conhecer no livro Póstumo, que já está a venda nos principais sites como Submarino, Americanas. Só procurar por lá. =)

Já vou garantir o meu, fato. Preciso saber o que aconteceu com esse menino. Curiosidade um dia ainda me mata, haha.

Beijo e até a próxima.

Venha ser um parceiro de #LeiaUmNacional