0

Olá pipoqueiros do meu coração, turubooom?

Estamos de volta com mais uma resenha, super atrasada maaaaaaas tá valendo, ok? Perdoem a coleguinha aqui.

Vamos falar de um livro dessa autora super querida, em parceria pelo Pipoca Nacional.

O livro Eu disse que voltava conta a história de Gaby, primeiro como uma criança, aos 8 anos de idade e depois, já adulta. A Gaby é daquelas mocinhas super caos, que literalmente é um ímã para problemas. Ela visita Portugal com sua família aos 8 anos de idade, onde se encanta pelo garçom de um restaurante e promete a ele que voltará em 10 anos para ficar com o bonitão. Uma criança super pra frente e atrevida. Claro que isso fica martelando na cabeça do garçom, mesmo ele sendo um jovem e ela, uma criança. O tempo passa, muita coisa acontece e a Gaby, por força do destino (ou ódio do destino) acaba voltando pra Portugal e esbarra no Rodrigo, vulgo garçom bonitão. Claro que o romance não ia sair tão fácil assim, e enquanto lidam com tráfico de mulheres e um restaurante brega falindo, os dois acabam se derretendo um pelo outro.

Os dois são extremamente geniosos e isso nos faz dar muita risada. O envolvimento do casal é algo divertido e bem sexy, na minha opinião. O Rodrigo me encantou de primeira.

Nesse enredo temos também a história de amigos da Gaby, como a Rapha e o Sammy. A Rapha é a mulher que foi pisada por caras, abusada e lindamente se torna a mulher forte que todas nós somos. Eu super amei a Rapha e seu final. Só queria um cara bem maravilhoso para ela. <3

O Sammy é o motivo da minha revolta nesse livro. COMO VOCÊ PÔDE FAZER ISSO COMIGO, ANGEL? COMO? Gente, o Sammy é aquele amigo maravilhoso que sofre demais por ser gay, ele acha que ninguém o aceita e, no fundo, nem mesmo ele se aceita. A história dele é de cortar o coração.

Tem ação no livro, tem personagem babaca (oi, Julius e Áurea), tem romance fofo, tem bebês, tem tio escroto e tem muito perdão. Além disso, tem mulher empoderada e tem aquela mãezona incrível.

O que eu senti falta no livro foi uma divisão entre os personagens, já que a cada momento do livro um personagem falava ou pensava algo e isso não ficou dividido na diagramação… acho que teria dado um outro ritmo pra leitura.

Eu amei as locações, imaginei diversos lugares, parece que senti cheiros e sabores junto com cada personagem. Adoro um bom cozinheiro, gente.. meu fraco.
O livro é muito bom, cheio de histórias interligadas, personagens bem construídos e muito carinho envolvido. Dá pra sentir o afeto da autora por cada personagem ali.

Pra que curte um romance ambientado no Brasil e em Portugal, não pode perder esse livro. Conheça mais da autora em suas redes sociais e se encante, como a gente. Além de excelente no que faz, a Maria Angélica é um amor de pessoa.

Bora conhecer a Gaby e o Rodrigo, se apaixonar pelo Sammy, sofrer com a Rapha e odiar o Julius com a gente. Depois me contem. Até breve!


Like it? Share with your friends!

0
Denise Lima

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format