Saudações pipoqueiros, tudo bom?

Numa resenha diferente, vamos fazer um apanhado geral da série Os Bridgertons, falando desde o primeiro até o último livro.

Uma curiosidade na família Bridgerton, é que os 8 irmãos têm nomes em ordem alfabética, sendo o primeiro com a letra A e o último com a letra H: Anthony, Benedict, Colin, Daphne, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth.

Os Bridgertons é uma série de romance de época composta por 9 livros, cada livro conta a história de um dos irmãos e o livro 9 é uma sequência em forma de epílogos alguns anos depois, respondendo algumas dúvidas que ficaram entre os leitores ao final da leitura de cada livro. A obra é da autora Julia Quinn, com publicação pela editora Arqueiro.

Em O Duque e Eu (Livro 01) conhecemos a história de Daphne, a sétima irmã, a mais velha das meninas. Seu par é o Simon.

Em O Visconde Que Me Amava (Livro 02) conhecemos o protagonista Anthony, o irmão mais velho, o herdeiro do título de visconde e responsável pelas finanças da família. Sua dama é a Kate.

Em Um Perfeito Cavalheiro (Livro 03) iremos encontrar um reconto da Cinderela. Conhecemos aqui o nosso Benedict Bridgerton, o segundo irmão. Sua dama é Sophie.

Em Os Segredos de Colin Bridgerton (Livro 04) Conhecemos o Bridgerton mais encantador da família, o irmão número 03 , o rapaz que todas as solteiras sonham em receber a corte. Sua dama é a Penelope.

Em Para Sir Phillip, com Amor (Livro 05) conhecemos a história de Eloise Bridgerton, se você chegou até aqui, sabe bem o gênio de Eloise, então não poderia ser de outra forma que não astuciosa a de Eloise encontrar seu grande amor. Seu par é Sir. Phillip.

Em O Conde Enfeitiçado (Livro 06) conhecemos a história de Francesca que vive na Escócia. Sua felicidade dura pouco, em apenas 03 anos de casada e sem filhos, ela fica viúva. Seu par é Michael.

Em Um Beijo Inesquecível (Livro 07) nossa protagonista é Hyacinth Bridgerton, a irmã mais nova da família, uma menina a frente de sua época, não segura a linguá e age fora dos padrões. Seu par é o Gareth.

Em A Caminho do Altar (Livro 08) conhecemos a história de Gregory Bridgerton , que se mostra um romântico incurável e após ter seus oito irmãos casados por amor, decide que assim também será com ele, determinado a encontrar sua amada, de forma arrebatadora. Sua dama é Lucinda.

E Viveram Felizes Para Sempre (Livro 09). Júlia Quinn nos presenteia com um conto de cada livro, nos contando o fim de cada história e o ultimo conto é um presente muito especial, onde conhecemos a história de amor de Violet Bridgerton, deixando claro porque ela não se casou novamente, já que teve seu felizes para sempre.

Foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e terminei a série completamente apaixonada. Apesar da época, as protagonistas são corajosas e firmes, com opinião própria, se adequando a época sem jamais perderem sua essência.

A autora tem uma escrita delicada e fluida, prende o leitor e você facilmente ler o livro todo de uma vez, não tem nada de cansativo, é divertido, romântico e muito bem descrito.

As capas estão lindas e combinam com o conteúdo.

Os homens em sua maioria são libertinos que acabam seguindo as regras da sociedade quer ser casar, porém conseguem fazer isso por amor, não por obrigação. As mulheres são personagens fortes e admiráveis. Elas fogem um pouco do padrão do século XVIII. Os protagonistas são únicos em suas características pessoais, o que criou uma grande dificuldade em escolher um favorito. Cada livro lido, você ama um novo personagem.

Blitz para destacar Lady Whistledown. A pitada certa de humor está nesse personagem, que conta todas as fofocas da alta sociedade.

É uma leitura, leve, divertida e romântica, me arrependo de não ter lido antes.

Share:

author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *