Olá pipoqueiros, turubom?

Tem resenha nova chegando e eu acho que vocês vão amar esse livro. Recebemos em parceria com a Astral Cultural e eu amei desde a capa até fechar a última página e concluir. A obra está um arraso. O livro O segredo que nos cercam da autora Kathryn Hughes tem todo meu coração e eu já conto o porquê.

Recebido

Quando comecei a ler esse livro, achei que ia ser mais uma obra de relacionamento de família, só mais um do mesmo. LEDO ENGANO, hein people?!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Os segredos que nos cercam fala muito mais que relação familiar. A obra conta a história de Beth, que depois da morte da mãe, tenta descobrir mais do seu passado, porque precisa salvar a vida do seu filho que precisa de um transplante. Nem pai nem mãe são compatíveis, então ela luta pra entender quem é seu pai e assim descobrir sua origem e talvez, a salvação do seu filho.

 

A surpresa

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O que ela não imagina é como um monte de segredo e mistério estão por trás de um acidente de anos atrás. E vai envolver Michael, que até então a gente acha que não tem nada a ver com o rolê. E eu acho que isso que foi o interessante aqui. Porque eu pelo menos, esperava uma obra sobre uma coisa e acabou que foi uma teia de acontecimentos que me prendeu do início ao fim. E isso deu um outro gás na minha leitura.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Se chorei, não nego

O livro é super emocionante e delicado. A gente chora de se acabar? COM CERTEZA. E a beleza do livro é essa mesma. Você sofre, você fica comovido com a força da personagem e com a certeza do que ela quer. No fundo você vê que tá torcendo por ela sem criar grandes laços. Eu não consegui me conectar profundamente com ninguém, mas ao mesmo tempo eu queria que desse certo, sabe?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Beth é uma personagem obstinada e super coerente. Achei sua força maravilhosa demais para colocar em palavras.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Transcrevendo passado e presente, a obra conta com um pequeno plot (nada UAU) e com um carinho gigantesco da editora. A gente vê nos detalhes da capa e da diagramação que houve carinho. A capa é em papel soft touch, mesmo dando aquele nervoso de marcar os dedos, eu particularmente amo a sensação de veludo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu amei a escrita da autora e fiquei super curiosa pra ler o primeiro livro dela, também lançado pela Astral – Tudo aquilo que eu não disse. Eu acredito que vou pegar para ler em breve, até porque dizem que é ainda mais incrível.

 

E você, já leu? Me conta aqui o que acharam.

 

Share:

author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *