Olá pipoqueiros e enrolados, turubom?

Chegamos ao ponto de mudanças na vida da Isabela, da série da autora Isabela Freitas. O livro Não se enrola, não é o terceiro volume lançado pela Editora Intrínseca e o quarto livro em ordem de leitura (entenda a ordem ao final desse post).

Clique para acessar todas as resenhas de Isabela Freitas

Isa agora mudou radicalmente. Largou a faculdade de Direito em Juiz de Fora, mudou pra São Paulo, morando na Baixa Augusta, decidiu escrever um livro e virou colunista numa grande editora. Mudança pouca é bobagem, né?

Com o sucesso do seu blog, a Isa recebeu a oportunidade de trabalhar com o que ama. Claro que, por um instante, ela pensou em negar e continuar no que já fazia. O medo do novo era imenso. Mas dai veio a questão: PORQUE NÃO?

E realmente né? Porque não aproveitamos algumas chances na nossa vida? Porque temos tanto medo do desconhecido? Porque negar o sucesso quando ele praticamente pula no seu colo?

E é assim que Isa se muda pra Augusta, em São Paulo, começa a trabalhar na editora, faz umas colunas que são BEM LOUCAS e escreve seu primeiro livro.

Claro que nem tudo seria tão fácil. Além de ter uma editora que claramente não vai com a cara dela, a Isa tem que lidar com o fato de ter o Pedro, seu melhor amigo, morando na frente do seu mini apartamento e dormindo na sua cama quase todo dia.

Ela não faz ideia de como rotular esse relacionamento. Não é um namoro, eles são muito descolados para isso. Nem é só amizade, afinal todo dia um entra nas roupas do outro. Ela tem ciúme dele, embora deteste admitir. E nós sabemos muito bem o que ele sente, desde o começo, né?

Pedro mudou para SP para se tornar músico, que também era seu sonho. Com um sorriso de cair calcinhas, um humor incrível e um talento maravilhoso, não demora para fazer sucesso – inclusive com a mulherada. Quem não gosta muito disso é a Isa, né?

Com alguns personagens novos e um tanto de trapalhadas bem características da Isa, esse livro é sobre evoluir, de verdade. É sobre amadurecer e criar laços que vem negando desde o começo. A Isa está muito mais decidida e menos perdida.

O que eu amei nessa obra é a forma que a autora incluiu alguns personagens e trouxe interação entre eles. A rotina e os diálogos são bem construídos.

Mais um livro fluido e diagramado à perfeição, as obras da autora são leves e rapidinhos de ler. A negação dos amigos sobre o que tá acontecendo dá aquela vontadinha de entrar nas páginas e bater a cabeça dos dois na parede. Mas como a gente ama sofrer, é INCRÍVEL. Haha

Ambientado em São Paulo, com rotinas diferentes, crescimento pessoal e profissional, a obra é tudo que eu esperava. Eu ainda não sei se teremos um novo livro, além do quarto lançado, mas algo que englobe a continuação desse. Sei que eu quero um Pedro pra mim, AGORA.

E sobre não se enrolar, parede de procrastinar sonhos e engavetar planos. Bora sair dessa rotina que te faz infeliz e cair de cara num mundo inteiro de oportunidades. Você merece ser feliz, sempre.

Não se deixe apegar ao que não te faz bem, não se iluda com nada que não mereça e não se enrole com o que não vale a pena. E acima de tudo, jamais se humilhe.

Nos vemos em breve. Espero que gostem. 😊

Se liga na ordem das resenhas:

ORDEM DE LANÇAMENTO:

Não se apega, não | Não se iluda, não | Não se enrola, não | Não se humilha, não

ORDEM CRONOLÓGICA:

Não se humilha, não | Não se apega, não | Não se iluda, não | Não se enrola, não

Share:

author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *