Salve salve, pipoqueiros!!

Eu estava ansiosa para começar essa leitura e a Editora Seguinte nos enviou a tão esperada vida da maior estrela que Hollywood já teve! Tenho em mãos o e-book Os Sete Maridos de Evelyn Hugo!
Confesso que essa história me deixou muito dividida, em vários momentos me cansei de ler sobre a vida de uma pessoa que não existia. Ao mesmo tempo, fui identificando pontos muito fortes e os reais interesses que a protagonista quis passar para nós leitores. E o que eu achei? Digamos que a sra. Hugo não é uma pessoa boa. É egoísta, manipuladora e muito calculista (ela adoraria que você soubesse disso), mas extremamente humana.
Vamos direto ao ponto:

Dias antes do lendário leilão da Fundação Americana do Câncer de Mama acontecer, cujo Evelyn Hugo, prestes a completar 80 anos, doará as suas mais icônicas peças de roupa para arrecadas milhões de dólares para essa causa, o assessor de Hugo entra em contato com Monique.
Monique Grant é uma jovem mulher na casa dos 30 anos, formada em jornalismo e recém contratada na Viviant, uma revista popular e com muitos admiradores. Em um dia totalmente normal, sua chefe a chama para informar que Evelyn Hugo, a grande lenda do cinema dos anos 50/60, está entrando em contato disposta a conversar com sua repórter.
Evelyn depende inteiramente de Monique para contar sua história e expor a verdade para todos, pois para surpresa da repórter, ela contará toda a sua trajetória e quer coloca-la em um livro.
Considerada a mais cobiçada pelos homens e a mais invejada pelas mulheres, Evelyn esconde segredos tão conturbados que nenhuma de nós estaríamos preparadas para saber. Ao longo da história, vamos especulando qual a ligação delas, afinal, uma ex-atriz contratar os serviços de uma anônima é, no mínimo, peculiar.
Vamos embarcar nessa biografia que começa desde seus quatorze anos até o encontro das duas.

Como eu disse lá em cima, a personagem principal divide opiniões. Em vários momentos eu quis pular os capítulos porque eu já não aguentava mais a mesma história: SÃO SETE CASAMENTOS.
Os personagens secundários são ótimos, Harry Cameron é um amor. Produtor e amigo de Evelyn, ele tem presença e voz em todas as cenas que aparece. Gostaria de ter visto mais dele.
O mais interessante são os temas abordados: Violência doméstica, homossexualidade, machismo em um nível extremo e como a indústria de Hollywood, vivida na ficção, é terrivelmente assustadora.
Monique é uma peça importante para a entendermos todo o remorso que Evelyn carrega, não estava esperando pela tal revelação, ela foi dada bem no final e fez TODO o sentido.
Deem uma chance para Evelyn Hugo, ela tem muito a contar.

Até a próxima!

 

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *