Salve salve, pipoqueiros!

Ficamos apaixonados pelo filme da Turma da Mônica Laços e agora estamos encantados com a Graphic Novel.
Vitor Cafaggi já tinha escrito e desenhado uma história no álbum MSP 50 em 2009, e Maurício ficou maravilhado com os traços delicados e a escrita poética desse jovem fã. Foi a partir desse encontro que os dois se aproximaram e essa parceria só gerou frutos bons e bem doces.
Em 2011, Vitor e sua irmã, Luciana, foram convidados a desenvolver uma história independente da nossa turma preferida. Conseguiram harmonizar os traços e fizeram a seguinte divisão: Vitor faria a Turma aos 7 anos (dias atuais) e Lu faria a Turminha bebês (como flashback) e isso resultou nessa incrível narrativa.

E para quem não conhece a história é o seguinte:
Em um belo dia, depois de tentar pregar uma peça na Mônica, Cebolinha e Cascão voltam para casa. Mas algo está errado. Quando Cebolinha chega em casa ele vê a vizinhança toda reunida, e é então que os pais dão a triste notícia: Floquinho tinha sumido. Isso parte o coração não só do dono, mas de todos os amigos. Logo depois, a turma se reuni e elabora um plano para encontrar Floquinho, isso inclui espalhar cartazes, conversar com os vizinhos e até mesmo enfrentar os meninos mais velhos em busca de pistas.
Um trabalho incrível e muito delicado que acaba acendendo aquele quentinho no coração e a nostalgia bate forte. Ele nos mostra que, mesmo nas diferenças, a amizade é sempre mais forte.

O filme não só corta, como também acrescenta muitos elementos que nem são citados na Graphic.
Mas no fundo tem a mesma essência. Amizade, esperança e empatia.

Até a próxima!

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *